Skip to content

A despedida da linha

 

Um pouco antes da foz do Rio Coa, deixamos a linha e começamos a subir a encosta.

Pela primeira vez em 34 quilómetros, o percurso agora é a subir.

Pela primeira vez em 34 quilómetros, o percurso agora é a subir.

 

Seguimos agora por entre as vinhas durienses.
Seguimos agora por entre as vinhas durienses.

  

Lá em baixo, a estação de Coa parece dizer-nos adeus. A linha continua por mais seis quilómetros até ao Pocinho…

A estação de Côa é visível ao longe, na margem do rio.

A estação de Côa é visível ao longe, na margem do rio.

  

E um último olhar sobre o Rio Douro, que foi o nosso companheiro inseparável nesta jornada ao longo da velha linha. 

Do alto da encosta obtém-se uma boa perspectiva sobre o Douro.

Do alto da encosta obtém-se uma boa perspectiva sobre o Douro.

  

Resta-nos ir ter com a carrinha do Sr. Jaime, que nos levará de regresso a Barca d’Alva.

Seguinte

Anúncios
%d bloggers like this: