Skip to content

Escuridão e Morcegos

 

O terceiro túnel é, todo ele, em curva. Por isso quando entramos no túnel apenas podemos ver escuridão. Tal como acontecia no primeiro túnel, a vegetação obstrói parcialmente a entrada. 

O terceiro túnel surge perante os caminhantes como um "buraco negro"

O terceiro túnel surge perante os caminhantes como um "buraco negro"

  

Para percorrer este túnel em segurança, é necessário dispor de lanternas, pois como o túnel é em curva, à medida que vamos avançando a escuridão aumenta e a partir de certa altura não se vê rigorosamente nada: nem a entrada, nem a saída.

Luís Silva e Gonçalo Elias estão equipados com lanternas frontais (tipo "mineiro"), que são bastante práticas uma vez que permitem ter as mãos livres.

Luís Silva e Gonçalo Elias estão equipados com lanternas frontais (tipo "mineiro"), que são bastante práticas uma vez que permitem ter as mãos livres.

 

À medida que avançamos começamos a ouvir um ruído de fundo que faz lembrar um conjunto de guinchos distantes e verificamos que as travessas da via férrea se encontram cobertas por um pó branco muito fino. Quando chegamos a meio do túnel, podemos constatar que existe aí uma colónia de morcegos, implantada no tecto. 

A colónia de morcegos forma um 'T' no tecto do túnel

A colónia de morcegos forma um 'T' no tecto do túnel

 

Não é fácil fotografar a colónia de morcegos devido à escuridão.
Não é fácil fotografar a colónia de morcegos devido à escuridão

Seguinte

%d bloggers like this: